Ana Cañas realiza show gratuito na Pinacoteca

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, apresenta show inédito da cantora Ana Cañas, no dia 24 de abril de 2019, que marca a estreia da Série Goodyear Jazz na Pina.  Após duas temporadas bem sucedidas da Série de Concertos de Música de Câmara, que a Pinacoteca realizou em parceria com a OSESP, em 2017 e 2018, o museu dá continuidade ao programa Música na Pinavoltando-se agora para o jazz, gênero musical diverso e universal que valoriza o improviso e a experimentação. A programação de 2019, que tem patrocínio da Goodyear, integra a celebração dos 100 anos da marca no Brasil.
Com curadoria de André Guilger — do Bar Madeleine, um dos mais tradicionais de jazz da cidade — o programa contempla variações da cena jazzística contemporânea da capital do Estado, que incluem o Jazz Tradicional de Nova Orleans, a Diva, o Jazz Brasileiro e o Free Jazz. “Série Goodyear Jazz na Pina é um programa jovem e divertido que a instituição tem o prazer de oferecer gratuitamente para o público. Ouvir jazz de qualidade, dentro do museu e de maneira informal e descontraída é muito especial”, declara Paulo Vicelli, diretor de Relações Institucionais da Pinacoteca. “Para nós é muito oportuna essa parceria com a Pinacoteca, uma instituição centenária como a Goodyear e que é um símbolo de São Paulo”, completa Maitê Meireles, gerente de comunicação da marca.
Para a primeira apresentação da série, a cantora Ana Canãs fará versões jazzy de músicas conhecidas de seu repertório e releitura de faixas essenciais em sua formação. Acompanhada de Marco da Costa (bateria), Fabá Jimenez (guitarra) e Marcelo Cabral (baixo acústico), Cañas levará ao palco releituras dos sucessos que marcaram sua carreira, como “Tô na vida”; faixas de seu novo álbum, “TODXS”, incluindo “Declaro My Love”, “Eu Amo Você” e “Tua Boca” e canções icônicas como “Feeling Good”, “My Funny Valentine” e “Summertime”.

“Revisitar meus primeiros anos como cantora de jazz da noite paulistana é uma alegria, além de versar canções autorais e atuais no formato jazzy. Vai ser divertido e o espaço é maravilhoso. Eu amo a Pinacoteca. Um lugar muito importante pra cidade de São Paulo, onde a cultura, as artes plásticas e a música são oferecidos de forma democrática e plural.  Estou muito feliz com esse convite para inaugurar a programação de 2019”, declara a cantora.

Nos dias das apresentações, o museu estenderá o seu horário de visitação até o horário de início de cada apresentação para que o público possar visitar as exposições em cartaz.

SOBRE ANA CAÑAS 

Ana Cañas (São Paulo, 1980) estreou no mercado fonográfico em 2007 com o álbum ‘Amor e Caos’, que a projetou como revelação musical do ano pela crítica especializada. Em 2009, lançou seu segundo álbum, ‘Hein?’, acompanhado das primeiras parcerias com o músico Arnaldo Antunes. No mesmo ano, gravou com Nando Reis a música ‘Pra Você Guardei o Amor’ – dueto que se tornou um grande sucesso nacional.  Em 2012, a cantora lançou o álbum ‘Volta’ – que incluiu uma versão de ‘Rock And Roll’ de Led Zeppelin e as autorais ‘Será que Você Me Ama?’ e ‘Urubu Rei’. O disco transformou-se, posteriormente, no show e DVD ‘Coração Inevitável’ e contou com a direção e iluminação de Ney Matogrosso.  Em 2015, Cañas lançou o quarto álbum de estúdio e o primeiro totalmente autoral, intitulado ‘Tô Na Vida’ mixado por Mario Caldato Jr.  Em 2017, foi a vez do lançamento do single ‘Respeita’, que  se refere à violência de gênero e o assédio e cujo clipe contou com a participação de 86 mulheres que estão atualmente na linha de frente da resistência feminista do país, como Elza Soares e Maria da Penha.  Em 2018, gravou ‘Todxs’, álbum independente com foco no empoderamento e beats eletrônicos pesados e grooves sensuais. Produzido por Thiago Barromeo e Ana Cañas, o disco contou com as participações do rapper Sombra (SNJ) e do cantor Chico Chico.

SERVIÇO

Série Goodyear Jazz na Pina apresenta Ana Cañas
Curadoria de André Guilger
Data: 24 de abril de 2019 – quarta-feira
Horário: às 19h30min
Local: Pinacoteca – Luz – Auditório – Térreo – Praça da Luz 2, São Paulo, SP
Duração: 75 min
Entrada gratuita após às 17h. Distribuição das senhas 30 min antes.
O café estará aberto até 19h30 e o estacionamento estará aberto até o final da apresentação.
(11) 3324-1000
www.pinacoteca.org.br

132 lugares
Classificação indicativa: livre
Acesso para cadeirantes
Wifi aberto ao público

Próximas apresentações: 26 de junho (Lupa Santiago Quarteto), 17 de julho (Amilton Godoy & Tico D´Godoy Quarteto) e 11 de setembro (Jazz Band Ball)

contato@gay.tur.br

E-MAIL: contato@gay.tur.br

Deixe uma resposta