Arttur lança feat com a drag Flor de Andromeda no melhor estilo do funk carioca

No melhor do Funk Carioca, Arttur lança novo single e clipe com participação da drag queen Flor de Andromeda pelo selo latino americano Kind Music. Confira o clipe de “A fila Andou” :

 

A faixa A Fila Andou” conta a história de dois amigxs que se relacionam com o mesmo homem. A narrativa e conceito do clipe traz Arttur num romance com um homem padrão que leva uma vida dupla, onde o mesmo se relaciona também com Flor de Andromeda. Depois de descoberta a vida dupla do boy, Arttur e Flor de Andromeda caem na pista e arrasam na dança. A fila anda para Flor de Andromeda, que não tem tempo pra sofrer por macho, quando a drag nasce através do seu amor-próprio. Já para Arttur, a fila anda quando o cantor se permite ficar com alguém afeminado e de beleza menos óbvia. Cada um carregando a sua bandeira pela luta da comunidade LGBTQIAP+, o clipe tenta passear pela pauta que constantemente é levantada na comunidade, de que homens pretos, afeminados, periféricos, drag ou não, podem e devem amar, serem amados e respeitados. Assim, Arttur e Flor de Andromeda conseguem, em meio a luzes, dança e cenas de pegação, levar para o protagonismo, corpos que não costumam ter seu desejo e existência validados, e que necessitam e querem consumir um conteúdo que os representa.

foto
Reprodução

A proposta de Arttur em explorar o seu feminino, mesmo sendo um homem cis negro, atende a uma demanda de representatividade pouco (ou quase nada) explorada no cenário musical brasileiro. Arttur consegue deslocar a imagem do gay afeminado, historicamente associada ao humor (isso quando não chega à chacota), para o lugar da sensualidade. O artista consegue juntar representatividade e desconstrução enquanto traz uma narrativa popular e divertida, com músicas irreverentes e contagiantes. A sonoridade diversa, os temas abordados, a estética ousada, aliados a um repertório capaz de fazer dançar e chorar mostram como o cantor sabe usar todos os elementos disponíveis para ser contemporâneo.

Reprodução

Flor de Andromeda nasce de um desejo de levar ainda mais representatividade para movimentos não tão aceitos no Brasil. A artista é uma Drag Queen Macumbeira. Seu primeiro single solo, após “A Fila Andou”, entra na estética que a artista quer passar para o público. Com uma pegada forte e dançante, Flor de Andromeda chega ao mundo com um pop irreverente e pouco convencional, já que é uma drag com músicas que buscam representatividade no povo espiritual, como Exus, Pombogiras e Ciganas.

Confira o single A Fila Andou”: 

 

Deixe uma resposta