Repórter trans do Miss Bumbum fala sobre transfobia no Dia dos Namorados: “Os comerciais de TV e nas revistas dizem que você não está no lugar certo”

A modelo trans e repórter do Miss Bumbum Brasil, Jessica Barros, compartilhou em suas redes sociais que mesmo durante o mês do orgulho LGBTQIA+ não se sente representada por marcas, já que as mesmas tendem a colocar apenas casais cis gêneros em suas propagandas.

foto
Reprodução

“É muito triste. Para a maioria das marcas colocar duas mulheres juntas já é o suficiente. Eu sempre fico animada achando que as marcas vão finalmente representar as pessoas transsexuais nessa data, mas quase nunca acontece”, afirma. “Eles literalmente fazem o marketing arco íris deles nesse mês e mesmo assim ficamos de fora”.

“Eu adoraria ver mais transexuais nesses comerciais. A maioria das pessoas LGBTQIA+ se sentem um pouco incomodadas com as marcas capitalizando em cima do trabalho duro de visibilidade, mas nós trans, não temos nem isso”, completa.

“É um tapa na cara todo ano de que somos errados e anormais. Para alguém como eu da mídia é complicado de uma outra forma, porque é como se as marcas e a mídia simplesmente estivesse me dizendo que não estou no lugar certo e que sou apenas um objeto de estudo que por acaso apareceu um estudo sobre em algumas revistas, mas apenas apontando nossas diferenças, nunca em um comercial fofo de dia dos namorados como se para não normalizar pessoas como eu, que tem uma vida, romances, parceiros e sentimentos”.

 

Deixe uma resposta