Camarote Pride cria ações sociais com pessoas trans

Neste ano, o Camarote Pride, evento exclusivo que ocorrerá simultaneamente à Parada LGBTQ+, irá integrar transexuais no mercado de trabalho.
Neste ano, o Camarote Pride, evento exclusivo que ocorrerá simultaneamente à Parada LGBTQ+, irá integrar transexuais no mercado de trabalho.
LOJA DAS POCS

O ‘Camarote Pride’, que acontece dia 23 de junho, na 23º Parada do Orgulho LGBTQI+ de São Paulo, terá também sua parte social: a “SOCIAL PRIDE”. Produzido pela Agência Zapping, que realizou só no ultimo ano mais de 50 eventos por todo Brasil, entre eles o Prêmio Jovem Brasileiro – a maior premiação para o público jovem, a agência quer abrir oportunidades para que meninos e meninas trans participem de equipes de futuros eventos na produtora e demais produtoras existentes no mercado.

O projeto escolhido foi o ‘TransMissão’ que levará, inicialmente, uma equipe 5 trans para funções de produtores dentro ‘Camarote Pride’, assumindo cargos de recepção, orientação de convidados e credenciamento, durante todo o evento do dia 23. “Vamos conhecer e formar esses novos profissionais na área, para que possamos contratar para outros eventos e colocar no mercado profissionais comprometidos, independente de seu gênero” diz Guto Melo, responsável pelo Camarote Pride, que também é presidente do Instituto Sou+Jovem. (www.soumaisjovem.org.br)

Outra ação ainda apoiará a ‘Casa Brenda Lee’, que é reconhecida como uma ação histórica de enfrentamento ao vírus HIV e ao preconceito contra pessoas soro positivas. A ONG promove a integração e educação social de crianças e pessoas independente de gênero, sexo ou raça, em especial que sofreram abuso sexual, através de programas, projetos e assistência promovendo o bem estar para a vida e sociedade. Parte da renda das ações de experiências realizadas com marcas no ‘Camarote Pride’, será destinado para ações da ‘Casa Brenda Lee’.

Apostando em requinte e sofisticação para um público seleto de 527 pessoas, o ‘Camarote Pride’ terá como rainha a cantora e ativista LGBTQI+ Daniela Mercury e uma programação exclusiva, com direito a open bar e open food aos presentes, em um dos endereços mais cobiçados da Avenida Paulista, o ‘Conjunto Nacional’, onde funciona o bar Nova Iorquino ‘Blue Note’.

Informações: www.camarotepride.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta