Inhotim. Foto: Muza
2
Posted in NOTÍCIAS
7 de março de 2018

Inhotim lança duas exposições virtuais no ‘Google Arts & Culture’

O Instituto Inhotim lança nesta quarta-feira (07) duas novas exposições virtuais no Google Arts & Culture. Dentro do projeto “O que é Arte Contemporânea?” da plataforma, foram trabalhadas duas narrativas. “Cildo Meireles no Inhotim: Redimensões do olhar” traz uma nova perspectiva sobre as obras do artista que compõem o acervo do Instituto. Já a mostra “Arte ao ar livre” reapresenta trabalhos expostos permanentemente nos jardins do Inhotim.

A iniciativa faz parte de um esforço do Inhotim de ampliar o acesso do público a seus acervos. Para a diretora artística adjunta do Museu, María Eugenia Salcedo, a ampliação do leque de ferramentas de tecnologia e inovação traz benefícios para levar a arte ao público.

O Inhotim tem focado mais fortemente na discussão sobre a importância da conservação de seus acervos. Neste caso, a plataforma Google Arts & Culture é uma oportunidade para preservar e compartilhar os acervos do Inhotim com o mundo. Uma nova forma de interagir com as obras é também uma maneira de fortalecer esta missão do Instituto”, observa María.

Entre as obras de Cildo Meireles que podem ser vistas na plataforma estão Desvio para o vermelho (1967 – 1984), Através (1983 – 1989) e Inmensa (1982 – 2002). Por sua vez, a exposição “Arte ao ar Livre” apresenta os trabalhos Narcissus Garden (2009), de Yayoi Kusama, Elevazione (2000 – 2001), de Giuseppe Penone, entre outros.

A exposição “O que é Arte Contemporânea?” está disponível online no link g.co/contemporaryart e pelo aplicativo do Google Arts &Culture.

A estreia do Inhotim na plataforma foi com a apresentação da mostra Inhotim: at the Crossroads of Glocal Change. De julho a outubro de 2017, a exposição ocupou a galeria da sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington. Ao exibi-la na ferramenta do Google, o Inhotim tentou trazer a exposição mais para perto do público brasileiro.

O que é Arte Contemporânea?” 

Em outubro do ano passado, o Google Arts & Culture iniciou o projeto “O que é Arte Contemporânea?”, com instituições como o Modern Art Oxford, além de MoMa, Brooklyn Museum e outras, para levantar a questão o que é arte contemporânea e oferecer às pessoas uma viagem por museus e obras espalhados pelo mundo.

No Brasil, a iniciativa foi desenvolvida em colaboração com 15 instituições culturais de renome, que apresentam 51 exposições com mais de 3.200 obras da arte contemporânea brasileira. É possível conferir em alta resolução mais de 500 obras capturadas pela Câmera de Arte Google, realizar seis tours pelas instituições pelo Street View e também dois passeios em Realidade Virtual.

INSTITUTO INHOTIM

Aberto ao público em 2006, o Inhotim já recebeu cerca de 2,9 milhões de visitantes, sendo 400 mil de outros países. Localizado em Brumadinho, Minas Gerais, a 60 quilômetros da capital Belo Horizonte, o Instituto convida seus visitantes a se relacionarem com o mundo de forma mais crítica, consciente e transformadora. Atualmente, o acervo de arte contemporânea possui cerca de 1.300 obras. Destas, 700 estão expostas nas 23 galerias e nos jardins do Instituto. O Jardim Botânico é composto por cerca de 4,5 mil espécies nativas e raras de todos os continentes.

Tagged with: , , ,

2 comments

Deixe uma resposta