Raio atinge avião que transportava Carlinhos Maia

O Carlinhos Maia estava voltando ao Brasil, após uma viagem para os Emirados Árabes Unidos e seu avião foi atingido por um raio. O influenciador ficou em pânico e avisou o ocorrido nos stories do Instagram.

“Já estamos em solo brasileiro. Macho, hein, o c* da gente ficou que não passava um cabelo. Um raio ‘coisou’ no avião? Um barulho da peste dentro do negócio. Lucas está alí até agora, lendo o Salmo 91. Mas, graças a Deus, o avião tem para-raios, foi um susto da gota” – disse.

“Como nunca tinha acontecido comigo, [ouvi um] ‘pow’! Disse: ‘Ave Maria, o que foi isso que aconteceu?’ Em nome do Senhor, uma viagem tão boa dessas, vai acabar logo agora, no começo, descendo?” concluiu o influenciador.

Carlinhos Maia e Lucas foram o primeiro casal gay a serem recebidos oficialmente pelas autoridades de Dubai. Um sheik presentou ele com um iPhone 12.

População impede instalação de estátua em homenagem a Carlinhos Maia

A cidade natal de Carlinhos Maia, Penedo, no interior de Alagoas, ia receber uma estátua do influenciador no dia 20 de outubro, porém foi rejeitada pelos moradores. A ideia da prefeitura era colocar a homenagem na orla da região. As informações vieram do Extra.

Raio atinge avião que transportava Carlinhos Maia
Reprodução

Um morador da região disse no Facebook que há figuras muito mais importantes que deveriam ser homenageadas: “Hoje, nos deparamos com uma situação engraçada, para não falar outra coisa. Nada contra o Carlinhos Maia, uma pessoa que divulga nossa cidade, leva diversão aos internautas, ajuda muita gente, etc etc et…Porém, acharam de colocar uma estátua dele na nossa orla, nada demais, desde que, primeiramente, homenageassem os nossos” – disse.

“Temos tantas pessoas que merecem nosso reconhecimento, como, por exemplo, Sr. Toinho Pescador, que há pouco tempo recebeu a comenda de ‘Guardião das águas do Velho Chico'” – completa.

Em resposta, Carlinhos Maia divulgou um áudio nas redes sociais lamentando o episódio, dizendo que não se deve valorizar uma cultura, desvalorizando outras.

“Vi vídeos e comentários de alguns moradores do Bairro Vermelho, que não gostaram da minha estátua ser colocada na Nova Orla. Muitos alegaram que deveria ter uma estátua do Toinho Pescador. Concordo em gênero, número e grau. Afinal, a história dele é incrível e eu conheço desde criança”, disse Carlinhos Maia.

“Com todo respeito que eu tenho a vocês, aprendam a não valorizar uma história, desvalorizando a outra. Quando me perguntaram onde eu gostaria de ver a minha estátua, poderia ser na vila, claro. Afinal, é lá que faço minhas histórias. Pensei em colocar na Nova Orla justamente para atrair o tanto de turistas que visitam a vila, e vai aumentar cada vez mais, para irem para Nova Orla (também). Para que a nova orla seja um atrativo, além da vila. E não é pensando em política, porque não sou político. Não preciso e não quero o voto de vocês para nada

Me entristece os comentários que os penedenses dizem de alguém que veio do mesmo lugar que eles. Ah, mas um vi4do não representa a nossa cidade. Para que colocar a estátua de um via4o? Acho que isso não tem nada a ver com o Carlinhos, mas com o preconceito e a maldade que existe dentro de vocês. E por não suportarem um viado e pobre que saiu do mesmo lugar (que vocês)”, afirma.

Deixe uma resposta