Casa Arara chega à segunda edição em formato híbrido direto de Paris

A segunda edição do Casa Arara, evento 100% independente, gratuito e com a missão de valorizar, promover e celebrar o Brasil por meio da sua pluralidade cultural, acontecerá entre 30 de setembro a 2 de outubro, em um formato híbrido, realizado em formato interativo no físico, direto de Paris, e no digital, por meio de suas redes sociais. As informações podem ser obtidas no Instagram @casaarara

foto
Reprodução

A programação do Casa Arara prevê 12 painéis, que debaterão temas como diversidade, inclusão e sustentabilidade. A ativista e comunicadora indígena Alice Pataxó, o estilista Alexandre dos Anjos e a influenciadora Cristal Muniz são alguns dos nomes confirmados para o evento.

A proposta do Casa Arara é trazer maior relevância aos temas relacionados às lutas e às causas que por muito tempo foram deixados à margem. Seguindo o posicionamento “Diversa Inclusiva Pulsante”, queremos abrir espaços de escuta para novas vozes, buscando impactar mudanças de comportamento necessárias para nossa sociedade. Além de estimular o diálogo e conectar toda comunidade internacional com temas contemporâneos relevantes”, explica Mario Kaneski de Moraes, fundador e diretor de conteúdo do evento.

O Casa Arara é um evento idealizado, organizado e realizado por Mario Kaneski de Moraes, fundador do Estúdio Arara, escritório de consultoria criativa, com sede em Paris, um laboratório criativo, com sede em Paris, que se utiliza do poder da diversidade presente no DNA brasileiro para oferecer consultoria de forma diversificada e em diversas áreas.

Casa Arara: Diversa Inclusiva Pulsante
A programação do Casa Arara visa, em espírito coletivo, criar uma comunidade consciente disposta a trocar conhecimentos e gerar conexões. Apoiados no poder da sabedoria ancestral e na diversidade da cultura brasileira, a proposta é enaltecer os profissionais e os produtos nacionais com a presença de protagonistas inovadores em suas áreas. Os encontros abrangem temas como bem-estar, LGBTQIAP+, arte, representatividade, espiritualidade, design, música, moda e gastronomia.

Em sua primeira edição, o Casa Arara contou com 68 palestrantes, incluindo empresários, ativistas sociais, influenciadores e artistas como: Tássia Reis, Shirley Krenak, Bielo Pereira, Guilherme Licurgo, Luana Ferreira (Natural Vibe), Edson Leite (Gastronomia Periférica), Baixo Ribeiro, Ellen Valias (Atleta de Peso), Preta Ferreira, Lau Neves, Tati Lisbon (Papisa), We’e’ena Tikuna, Pam Ribeiro (A Bruxa Preta), Thiago Cóstackz, Simone Quintas, entre outros. Com mais de 40 horas de programação, o evento impactou cerca de 1,5 milhões de pessoas.

Casa Arara
Diversa Inclusiva Pulsante

Programação dos talks

30 de setembro
10h
Abertura do evento

10h10
TALK : Música, manifesto, cultura e politica
Como se misturar musicalidades, manifesto, cultura e politica em um só conteúdo?
Liana Padilha
Alice Guel
Vinicius Castro
Sea Path
Renata Machado

12h
TALK : Manifestações artísticas como ferramentas de protesto
A arte como meio de manifesto em tempos de pandemia e desserviço politico.
Maria Demônia
Gangrena
André Giorgi
Ziel Mendes
Vinicius Castro

13h30
Performance
Thiago Cóstackz
Desfile
Nalimo

14h
TALK : Vista tecidos, explane manifesto
A moda como manifestação politica, inclusão e sustentabilidade.
Gabriel Serpente
Beto Neri
Alexandre dos Anjos
Day Molina

15h30
TALK: Caminhando rumo à sustentabilidade
Na prática, sustentabilidade tem que prezar pelo bem estar ambiental em primeiro lugar, mas não pode excluir as questões sociais nem econômicas. Quando você pensa em sustentabilidade, o que te vem à mente? Papel reciclado? Mudas de árvores? As lixeiras coloridas da coleta seletiva?
Hamangai Pataxo
Cristal Muniz
Kaline Olliveira
Thiago Cóstackz

17h
Happy hour direto de Paris com Gabriella Lima

1 de outubro
10h
Mensagem do dia

12h
Talk: Processos de resistência no Brasil
A ampliação da discussão sobre a memória e a realidade dos grupos de resistência no Brasil.
Debora Gomes Lima
Rosa Baptista
João Gabriel
Atena Roveda

13:30h
Performance
Zero Juizo

14h
Talk: A perspectiva decolonial feminista
Mulheres narram suas lutas, anseios, temores e resistência.
Malu Jimenez
Mariza Junqueira
Gabriela Moreira

15:30h
TALK: Os fatores que formam o orgulho da existência LGBTQIAP+ no Brasil
Apesar dos avanços das últimas décadas, comunidade no Brasil ainda luta contra retrocessos e preconceitos
Caê Vasconcelos
Dieter Truppel
Maju Giorgi
Mario Kaneski de Moraes

Happy hour com Uyara e Zero Juízo

2 de outubro
10h Mensagem

10h10
Talk: Ativismo alimentar, consumo político e saúde
A comida é um grande espelho para compreender e observar os hábitos de vida de cada pessoa, de cada região, de cada país, bem como de uma verdadeira questão política.
Rebecca Lockwood
Rafaela Tillier
Luana Ferreira
Zé Henrique Pareja

11h30
Performance

12H
Talk: A relação entre espiritualidade, sensibilidades e produção do conhecimento Espiritualidade
As sabedorias insurgentes mobilizadas por religiões nos levam a repensar não apenas a maneira como produzimos conhecimento, mas também nossa relação com o mundo, com as pessoas, a natureza e o Sagrado.
Alice Pataxó
Bruxa Preta
Larissa Borges
Liana Vieira

13h30
Desfile
Alexandre dos Anjos

14h
TALK: Beleza ativista
Como acabar com os estereótipos e ajudar a tornar o mundo um lugar mais inclusivo para todes.
Sasá Ferreira
Sparks
Uyara Marina
Jhon Helder

15h30
TALK: O riso como ato de resistência
Vivemos um período de intensa aridez no Brasil e rir tornou-se um ato de resistência. A aniquilação dos afetos, dos abraços e das confraternizações não são apenas provocados pelo distanciamento social que o cuidado em saúde demanda para enfrentarmos o “não tão novo” coronavírus.
Ton Prado
Arielli Margiotta

17h
Happy hour com Sonzera na Mesa

Deixe uma resposta