Bianca Rocha celebra o amor em videoclipe protagonizado por pessoas trans

Perto de divulgar seu primeiro disco, previsto para sair em setembro deste ano, Bianca Rocha apresenta ‘Despenteados’. Composta por Carlito Birolli e Du Gomide, a faixa foi produzida pela própria cantora, em parceria com Rodrigo Simões, para celebrar o amor como revolução. Na sonoridade, uma MPB cheia de frescor ganha melodia marcada por elementos afro-brasileiros em sua construção.

foto
Reprodução

“Essa música reflete sobre como as trocas verdadeiras de afeto conseguem mudar o nosso olhar, humor, disposição e jeito de levar a vida”.

Acompanhando a estreia, um videoclipe dirigido por Cássio Kelm, que é transmasculino não-binário, traz imagens dos artistas Noam Scapin e Lilo Gonzales, também trans, performando cenas solares, românticas, divertidas e leves.

“Não quero focar na transgeneridade e na não-binariedade como uma coisa incomum ou sensacionalista. Ao contrário disso, minha ideia é mostrar naturalidade. São pessoas que existem, trabalham, estudam e, principalmente, amam e são amades”, destaca.

SOBRE BIANCA ROCHA

Nascida na região sul do Brasil, em Ponta Grossa – PR, Bianca Rocha cresceu cantando as singelezas da vida. Aos 6 anos, a menina de voz forte ganhou seu primeiro troféu como intérprete em um rodeio gaúcho. Durante a infância, foram quatro títulos estaduais e um nacional.

De lá pra cá, foram muitos os festivais e programas de TV cantando MPB, bossa e jazz. Participou de discos de nomes como Du Gomide, Alisson Camargo e Florian Bill; também compôs e produziu quatro álbuns infantis.

Em 2019, mudou-se para Montreal, no Canadá. Lá foi convidada para participar do Festival Internacional Nuit’s d’Afrique, foi selecionada para a série DÉCLIC e participou de discos de artistas como Rodrigo Simões, Diogo Ramos (assinando os arranjos vocais) e Guillaume Dion, que a convidou para dar voz a uma versão de “Como Nossos Pais”, de Belchior para um projeto multicultural, no qual cantoras de diversas nacionalidades interpretam faixas emblemáticas de suas culturas.

Atualmente, dedica-se ao primeiro disco solo, previsto para sair em setembro de 2021.

Ouça e assista aqui: https://youtu.be/if9ZaFvcTjM

Deixe uma resposta