Integrando a nova cena de artistas LGBTQIAP+, Igor Pitangui lança “Pancadão”

Depois de 20 anos como um dos nomes mais comentados na dança, Igor Pitangui constrói a sua ponte para a carreira musical apostando no lançamento de “Pancadão” – um hit que une gêneros como o pop e EDM com o funk e outros ritmos brasileiros. Disponível em todas as plataformas digitais, a faixa foi composta pelo artista em meio ao isolamento social, funcionando como um escape criativo manifestado pela urgência de compartilhar a energia contida nesta realidade caótica que atravessou as nossas vidas.

foto
Reprodução

“Esse é um convite, ou melhor, uma convocatória para estar no presente, aqui e agora. É a celebração da própria existência que nestes tempos se revela em forma de resistência. Que possamos então resistir em movimento, desopilando as dores, o luto e a indignação”.

O beat é assinado por Jham, produtor da República Dominicana. Já a engenharia de som ficou por conta do produtor musical Vitor Garbela (Garbela Home Studio), que trabalhou com a pós produção, mixagem e masterização.

Muito animado com a estreia, o cantor mineiro ressalta: “Acredito muito na potência desse som. É divertido, dançante e, ao mesmo tempo, é político. Escrevi essa track para estimular reflexões sobre o universo digital, a busca por padrões, cancelamentos e toda essa pressão estética e temporal. Quem prestar atenção na letra vai morder a isca. Também quis deixar clara a minha narrativa contra o negacionismo, sobretudo como membro da comunidade LGBTQIAP+, da qual eu faço parte com muito orgulho! Aprendi com a vida que não vale a pena se prender a rótulos… É possível balançar a raba, refletir e se posicionar, tudo junto e misturado assim mesmo! A dança salvou minha vida na infância e agora a música me resgatou na vida adulta”.

“Pancadão” é festa, close, brilho e palco para um futuro possível e melhor.

Ouça e assista aqui: https://youtu.be/vaP35_w4YlE

Deixe uma resposta