Projeto Geração Crescer colabora para inclusão da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho

Em junho é celebrado mundialmente o Mês do Orgulho LGBTQIA+, data em que muitas empresas, entidades e projetos reafirmam a importância do apoio à luta contra a homofobia. Diante da importância dessa causa e para atuar na defesa da diversidade de gênero, o projeto Geração Crescer (GC) colabora para a inclusão da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho. Criado pelo Instituto Crescer, instituição que há 20 anos atua na área de Educação, a ação conta com apoio da Microsoft e do Itaú Unibanco.

foto
Reprodução

“Entendemos que a diversidade e a pluralidade de vivências e experiências do ser humano, enriquece as relações sociais e de trabalho, fomentando a criatividade e a produtividade nestes meios. Apoiamos essa comunidade, dando um suporte inicial na capacitação profissional e abrindo portas para a representatividade no mercado de trabalho. Acreditamos que a justiça social se pauta na igualdade de oportunidades para todes, independente de gênero, sexo, raça, cor ou condição social”, afirma Nilmar Oliveira, representante LGBTQIA+ e membro da equipe do Geração Crescer.

Para isso, o GC foca no desenvolvimento de parcerias com diversas ONG’s, com o intuito de garantir que o projeto chegue para todes. Entre elas, diversas ONG’s voltadas para a comunidade LGBTQIA+, como: PRETAS BIXAS!, Associação Viva a Diversidade, Senta e Escuta, Capacitrans RJ, entre outras.

Em relação à empregabilidade, o Geração Crescer tem como objetivo central firmar parcerias com empresas que entendam a necessidade de fornecer vagas inclusivas e diversas, garantindo assim oportunidades iguais para quem busca entrar no mercado de trabalho.

O curso é dividido em três núcleos: Básico, Fundamentos e Profissionalizante, sendo os dois últimos criados e desenvolvidos pelo Instituto Crescer em parceria com a Microsoft e o Itaú Unibanco.

No Núcleo Básico, o participante capacita-se quanto à temática Educação Cidadã, que engloba desde comunicação oral e escrita até conteúdos ligados à qualidade de vida e educação financeira.

Ao chegar ao núcleo Fundamentos, os alunos adentram a área de Tecnologia da Informação (TI) e aprendem desde como trabalhar em computadores, acessar informações e se comunicar online, até sobre os programas do pacote Office 365, como Word, Powerpoint e One Drive.

Já na terceira fase, a Profissionalizante, há indicações de cursos de tecnologia e obtenção de certificações na plataforma Microsoft Learn, com conteúdo intermediário e avançado para aqueles que desejam ingressar ou evoluir em carreiras de tecnologia da informação e aprenderem noções de programação. Há também cursos do LinkedIn, que têm como objetivo aprofundar temáticas como diversidade e inclusão, resiliência e inteligência emocional.

Além das aulas pela internet, o projeto também prevê auxílio para a montagem do currículo, orientação para se saírem bem nas entrevistas, indicação gratuita de currículos para empresas parceiras e divulgação nos principais sites de anúncio de vagas. Os interessados devem preencher um cadastro no site do projeto (https://geracaocrescer.org.br/web/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *