201 Profilaxias Pré-Exposição (PrEP) ao HIV iniciadas no Minhocão neste domingo (29)

Ação realizada pela Secretaria Municipal da Saúde, por meio da Coordenadoria de IST/Aids, ontem (29), levou mais uma forma de prevenção ao HIV para a população: a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP). Foram 201 PrEPs iniciadas em quatro horas de atividade do projeto PrEP na Rua, no Elevado Presidente João Goulart, o Minhocão. Essa é a quarta atividade do projeto PrEP na Rua, que teve início no dia 27 de junho, exatamente no Minhocão. Na ação do último domingo, foram realizados 223 Testes Rápidos para HIV, oferecidas quatro Profilaxias Pós-Exposição (PEP) e distribuídos mil kits de autoteste para HIV, que permite que as pessoas possam fazer o teste em suas casas.

foto
Reprodução

“O projeto PrEP na Rua tem mostrado como é possível ampliar o acesso a essa forma de prevenção ao HIV: estando onde a população mais vulnerável está”, explicou Cristina Abbate, coordenadora de IST/Aids no município de São Paulo. A PrEP consiste no uso constante de medicamentos antirretrovirais (na forma de um comprimido por dia), de modo que, caso haja exposição ao vírus, a pessoa já esteja protegida. Já a PEP é uma medida de emergência, quando uma pessoa passa por uma situação em que possa ter sido exposta ao vírus, por exemplo se camisinha estourar, sair ou mesmo não for usada em uma relação sexual. Também com base em medicamentos antirretrovirais, a PEP deve ser usada por 28 dias.

Números da PrEP

Mais de 13,5 mil pessoas já iniciaram o uso da PrEP na capital paulista, o que representa um terço das pessoas cadastradas nacionalmente. A ampliação do seu uso ajuda a explicar a queda no número de novos casos de HIV nos últimos três anos na cidade de São Paulo.

A PrEP está disponível gratuitamente no SUS desde janeiro de 2018. Tem como público prioritário pessoas em situação de maior vulnerabilidade ao HIV, o que inclui alguns segmentos sociais, como gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH), profissionais do sexo, homens e mulheres trans, travestis e casais sorodiferentes, quando um tem HIV e o outro não.

A SMS conta com 26 serviços da Rede Municipal Especializada em IST/Aids que oferecem a PrEP para a população elegível. Há ainda 28 unidades que são referência para hormonização de pessoas trans e travestis que disponibilizam a PrEP para as pessoas que fazem acompanhamento nesses locais.

Para saber como iniciar a PrEP, acesse: https://prefeitura.sp.gov.br/istaids/prep

Onde a PEP está disponível

A Profilaxia Pós-Exposição (PEP) está disponível em mais de 80 unidades de saúde municipais, sendo que mais de 40 funcionam 24 horas e sete dias por semana. Saiba mais no site: https://prefeitura.sp.gov.br/istaids/pep

Deixe uma resposta