“O tabu do relacionamento gay sempre existirá”, declara Mister Brasil Gay sobre proibição de benção a casais homossexuais pela igreja católica

A comunidade LGBT+ foi pega de surpresa com anúncio da igreja católica sobre proibição de benção para casais homossexuais, mesmo após a declaração do Papa Francisco sobre apoiar casais gays no passado. “A igreja católica nunca foi a favor do casamento homoafetivo, o que temos são alguns líderes da igreja que acenam por mais inclusão da comunidade, principalmente pelo direito a ter uma família, e uma lei de proteção”.

foto
Reprodução
Em entrevista ao apresentador Israel Cassol, o modelo Max também desabafou sobre a questão de adoção entre casais homoafetivos. “Existe muito preconceito ainda, mas a minha maior preocupação é de não ter tempo de educa-lo da maneira correta, principalmente por conta da correria do dia a dia. A gente precisa ter um tempo maior de disponibilidade para dar atenção, carinho e fazer parte do processo de evolução da criança, é uma responsabilidade que vai além de pensar só no preconceito e isso vale para qualquer casal. ”

Foto
Reprodução
Max é casado com o ex prefeito de Lins, cidade do interior de São Paulo, e revelou que no futuro, o casal tem desejo de adotar uma criança. “Existem milhares de crianças na fila de adoção, queremos adotar uma criança mais velha porque sei que são as mais difíceis de adotarem. Mas ainda tenho medo do preconceito que nós e que nosso futuro filho possa vir a sofrer”.

A entrevista completa vai ao ar no próximo domingo (21), ás 10h no SBT MG.

One thought on ““O tabu do relacionamento gay sempre existirá”, declara Mister Brasil Gay sobre proibição de benção a casais homossexuais pela igreja católica

Deixe uma resposta