Coletivo Yorick de Teatro estreia “Isto não é uma Democracia – Ceci n’est pas une Démocrstie” na SP Escola de Teatro

O trabalho questiona a ideia de que a democracia está em crise, o ideal de democracia está em crise.

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O Coletivo Yorick de Teatro estreia em 25 de agosto de 2023, o espetáculo “Isto não é uma Democracia – Ceci n’est pas une Démocrstie”, na SP Escola de Teatro. A temporada seguirá até 23 de setembro, às sextas e sábados, às 20h30, exceto em 15 e 16 de setembro. Os ingressos custam R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada) e podem ser adquiridos na plataforma Sympla. 

O trabalho questiona a ideia de que a democracia está em crise, o ideal de democracia está em crise. Desde a última abertura política, em 1985, até agora, 2023, o Brasil teve cinco presidentes democraticamente eleitos pelo povo: Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro.

Cinco diretoras/es receberam o convite de criar um quadro a partir de alguns dispositivos: um discurso de posse, uma playlist com músicas da época do mandato e algumas imagens ligadas ao contexto histórico Cinco quadros que se encaixam num quebra-cabeça a ser desvendado por dois Anjos da História, que logo afirmam: isto não é uma democracia.

Há uma crença em comum – em meio a uma pluralidade de pensamentos – de que podemos melhorar. De que podemos viver coletivamente em harmonia, em equilíbrio. Mesmo que os métodos sejam diferentes, mesmo que o modo de organização e a estética sejam múltiplos, o que se almeja é um bem comum. Rever a história e os poderes dentro da história pode nos tirar de uma percepção rasa que podemos ter sobre o que vivemos nesse momento. “Isto não é uma democracia” nasce da vontade de repensar o conceito de democracia e como ela se transforma, em um Brasil e sua chamada redemocratização, em sua sexta república. 

De 1985 até hoje, quais foram os desenvolvimentos e envolvimentos que apre(e)ndemos? e quais são realmente necessários e quais são voltados para o bem comum e quais são voltados para os bens herdados? Entender quais foram os caminhos nesses mais de trinta anos nos faz sonhar sobre como podem ser os próximos trinta…

Sinopse:

A ideia de democracia está em crise, o ideal de democracia está em crise. Desde a última abertura política, em 1985, até agora, 2023, o Brasil teve cinco presidentes democraticamente eleitos pelo povo: Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro. Cinco diretoras/es receberam o convite de criar um quadro a partir de alguns dispositivos: um discurso de posse, uma playlist com músicas da época do mandato e algumas imagens ligadas ao contexto histórico Cinco quadros que se encaixam num quebra-cabeça a ser desvendado por dois Anjos da História, que logo afirmam: isto não é uma democracia.

Ficha Técnica

Concepção: Paulo Maeda
Direção e Dramaturgia:
Quadros Prólogo, Bolsonaro e Epílogo: Paulo Maeda
Quadro Collor: Thammy Alonso
Quadro FHC: Rodrigo Mercadante
Quadro Lula: Caio Marinho
Quadro Dilma Rousseff: Ana Pereira
Elenco: Felipe Tercetto e Paulo Maeda
Dramaturgismo: Renato Mendes
Iluminação: Mario Spatizziani
Cenografia: Caio Marinho
Figurinos: Angela Ribeiro
Design Gráfico: Felipe Tercetto
Operação de Luz: Letícia Pinto e Thiago Marques
Operação de Som e Vídeo: Gui Pereira
Participação especial (vídeo): Thammy Alonso
Produção: Coletivo Yorick de Teatro

Serviço coletivo Yorick

Isto não é uma Democracia – Ceci n’est pas une Démocratie

SP Escola de Teatro

Ações complementares:

Leitura Dramática: “Isto não é uma peça” de Coletivo Yorick
Spotlight, de Ana Pereira, com Taiguara Chagas e Thammy Alonso
O Hino do Beijo, de Angela Ribeiro, com Angela Ribeiro e João Attuy

01° de Janeiro de 2019, de Felipe Tercetto, com Cristiano Alfer e Thiago Marques

Habemos Papam Brasilis, de Renato Mendes, com Dagoberto Macedo e Ricardo Socalschi

O Avesso do Zeitgeist, de Paulo Maeda, com Jackson França e Sui Teixeira
Sinopse: Um bar, é dia 01° de janeiro, um discurso de posse passando na televisão. À partir desta situação as autores e autores criaram  textos curtos que serão lidos concomitantemente, o público vai passeando por esses espaços e tempos diversos para escutar a voz do povo perante o discurso de poder.

Local: SP Escola de Teatro
Dia 15 de setembro – 20h30
Duração: 90 min
Ingresso: Gratuito
Classificação: 14 anos

Debate-Papo: Teatro e/na Democracia

Com Dandá Costa, Judson Cabral, Márcio Castro e Mariana Rosell

Temática: O teatro e a democracia crescem juntos e passam por crises e transformações no decorrer da história. Rever esse histórico e repensar como chegamos até aqui e quais possibilidade daqui em diante são pontos de reflexão que serão debatidos 

Local: SP Escola de Teatro
Dia 16 de setembro – 20h30
Duração: 120 min
Ingresso: Gratuito
Classificação: 14 anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

A importância do marketing inclusivo na indústria de viagens

O marketing inclusivo tornou-se uma peça fundamental na estratégia das empresas que buscam se destacar no mercado atual

More Articles Like This

- Publicidade -