ATTØØXXA e Heavy Baile criam o novo hit brasileiro em single e documentário assinados pela Redley

Para sua nova edição, a Redley Records trouxe o melhor de Salvador e do Rio de Janeiro num ritmo inusitado criado pelos coletivos ÀTTØØXXÁ e Heavy Baile. O primeiro, com suas raízes no pagodão baiano, e o segundo, de corpo e alma no funk carioca, se uniram em “Raposa Love” com direito a single, clipe e documentário. A curadoria da MangoLab juntou esses dois grupos que são referência em seus estilos musicais – dois ícones de duas das maiores capitais do Brasil. Ambos reinventaram a música periférica, trazendo contemporaneidade e universalizando os gêneros da música que criam.

foto
Reprodução

No clipe, leveza e romantismo harmonizam a letra de “Raposa Love” com fortes inspirações visuais no filme “Guava Island” (2019), revelando também um novo lado da música do Heavy Baile, geralmente associada a festivais musicais. Os Redley Originals, os tênis coloridos e totalmente atemporais da Redley, se misturam nas cenas indo além da música e representando essas várias brasilidades também através da moda.

A Redley Records é um projeto da marca calçadista Redley, que faz parte da S2 Holding ao lado das marcas Kenner e Cantão. A iniciativa nasceu nos anos ‘90 como um selo musical e já teve até mesmo loja própria em Brasília. Lá vendia-se não somente as fitas cassetes, mas também camisetas e outros produtos ligados a esses artistas musicais. Era um ponto que fomentava a cultura do rock e de outras tribos, promovendo encontros entre vários grupos diferentes.

“Percebemos que era necessário elaborar um projeto voltado para criação de conteúdo e que servisse de plataforma para impulsionar novos artistas. Foi então que pensamos em relançar o Redley Records, dessa vez com foco em artistas independentes da nova geração”, conta Bernardo Cabral, coordenador de comunicação e branding da Redley.

Foi então que, em 2020, o projeto voltou a todo vapor, sendo reinaugurado com a collab entre o rapper JOCA e a banda grãomestre. Hoje a Redley Records se consolida com sua 3º edição como uma plataforma de apoio a artistas e coletivos independentes que fazem a diferença na música nacional.

Antes de “Raposa Love”, o selo lançou “Visceral”, uma parceria com Bibi Caetano, Fran e Carlos do Complexo. O clipe foi gravado em Caraíva, Bahia, dirigido por Pedro Alvarenga e foi ao ar em maio desse ano, também em parceria com a MangoLab, contando versos de ruptura, autoconhecimento e introspecção. Inclusive, “Visceral” foi indicado recentemente para o Grammy Latino 2021 na categoria Melhor Vídeo Musical Curto.

O clipe de “Raposa Love” está disponível no Youtube. Além do projeto do single e clipe, a Redley Records lançou uma playlist curada pelo MangoLab junto ao Heavy Baile e o ÀTTØØXXÁ com diversos outros artistas que marcam a cena musical brasileira. Já o minidocumentário será lançado em 15/10, junto com a camiseta exclusiva desta edição da Redley Records.

foto
Reprodução

Mais sobre os artistas

Heavy Baile

O Heavy Baile é um coletivo multimídia de funk que propõe a convergência de produções musicais, coreográficas e audiovisuais. Também é mistura: pretos com brancos, gays e héteros, asfalto e favela. Com um álbum e diversos singles na rua; incluindo participações de nomes como Baianasystem, MC Carol, Tati Quebra Barraco, Lia Clark, MC Rebecca e Luísa Sonza, o Heavy Baile já trabalhou ao lado de grandes marcas como Nike, Havaianas, UEFA e MTV e em projetos especiais, como o remix oficial de “Are U Gonna Tell Her” da cantora pop sueca Tove Lo. Além disso, já se apresentou em grandes palcos como Rock in Rio, Lollapalooza e Bananada.

ÀTTØØXXÁ

O ÀTTØØXXÁ foi criado em 2015 para elevar o Pagodão, ritmo proveniente da periferia de Salvador, ao status de música Pop, integrando diversos elementos da música eletrônica e Pop Mundial aos gêneros musicais dos guetos baianos e de matriz africana. Liberdade, respeito e ancestralidade são costurados em hits que convidam o corpo a se reconhecer no tempo, com uma estética contemporânea e afrofuturista distante de clichês. Composta por RDD (DJ e produtor musical), Oz (vocal e baterista), Raoni Knalha (vocal) e Chibatinha (guitarrista), o ÀTTØØXXÁ é o mundo na Bahia e a Bahia no mundo.

Com quatro álbuns lançados e mais de 30 milhões de streams no Spotify, o grupo se prepara para o lançamento do próximo trabalho, o terceiro álbum de uma trilogia que apresenta músicas sob a perspectiva e características de cada integrante do grupo, conectadas entre si pela produção musical do RDD.

Mais sobre a Redley Records
Como maneira de se conectar ao som que vibra dentro de todo mundo, a marca calçadista carioca Redley lançou no final dos anos ‘90 seu primeiro projeto de música: o Redley Records. Na época, funcionava como um selo musical que estreou fitas de reggae, rock e surf music australiana. Hoje, num mundo mais moderno e digital, o Redley Records se transformou numa plataforma de apoio a artistas musicais independentes com parcerias que criam um som verdadeiramente original.

Deixe uma resposta