Cabaré Virtual encerra programação do LabDrag

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Irreverência, originalidade e extravagância são predicados que combinam perfeitamente com o universo vibrante da cultura Drag. E para os entusiastas da apaixonante arte da montação, uma dica imperdível: os participantes do projeto LabDrag irão apresentar um fantástico cabaré virtual neste domingo (9), a partir das 20h, no YouTube (https://www.youtube.com/@labdrag).

Com música, dança, humor e dublagem, o show será protagonizado pelos integrantes do projeto LabDrag – Laboratório de Pesquisa em Formação em Arte Drag, que colocarão em prática as lições compartilhadas durante o programa, iniciado no último final de semana.

O LabDrag

Voltado para o público catarinense, o projeto desenvolveu um espaço formativo, imersivo e de partilha da arte drag, tendo como grupo-alvo artistas já inseridos no segmento ou pessoas interessadas pelo saber da montação.

“O Labdrag está sendo um espaço incrível para aprendizagem, acessando uma diversidade de pessoas iniciantes e experientes nesta arte, e assim possibilitando uma grande troca de conhecimentos”, disse Luiz Felipe C. Serighelli, de Videira (SC), performer da Drag Penélope Obscura.

No total, o LabDrag reuniu mais de 80 participantes, originários de diferentes cidades do Estado de Santa Catarina, com destaque para pessoas negras, trans e travestis no casting de talentos.

“Projetos como esse são necessários para a sociedade que ainda tem muito preconceito e para artistas que guardam o desejo de ser algo além do seu gênero. Essa vivência artística é desafiadora e revolucionária, me trouxe vários questionamentos e certezas na busca pela minha Drag interior. Que honra ver o nascimento da HUMILIA, mistura de Humberto e Emília, com a benção do DragL”, festeja Humberto Soares, de Canelinha (SC).

Mestres de renome nacional

Realizado integralmente no universo online, em sete módulos e 23 horas de capacitação formativa, o programa contou com a colaboração de grandes mestres da cena nacional, como Arthur Gomes (Florianópolis/SC), Rubia Romani (Curitiba/PR), Ju Bentes (Belém/PA), Thomas Dadam (Florianópolis/SC) e Fernando Marçal (Florianópolis/SC).

“Quando me inscrevi para o projeto, eu ainda tinha dúvidas se o que eu fazia era Drag. Ao assistir as aulas, pude ter mais certeza e perceber a potência que essa arte pode alcançar. Além disso, me inspirei e me montei de Drag King pela primeira vez e me surpreendi com as novas possibilidades de explorar a minha arte. Foram tantas referências que saí muito mais inspirada e reenergizada”, afirmou Mystika, de São José (SC).

 

Realização

Concebido pela BAPHO Cultural, o LabDrag é um projeto cultural selecionado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura – Edição 2022, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense da Cultura. Processo FCC 2920 / 2022.

Serviço

  • LabDrag – Laboratório de Pesquisa e Formação em Arte Drag
  • Quando: domingo, 9 de abril, a partir das 20h.
  • Onde assistir: YouTube, através do link: https://www.youtube.com/@labdrag
  • Entrada: gratuita
  • Classificação indicativa: 16 anos
  • Instagram: @labdrag

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

A importância do marketing inclusivo na indústria de viagens

O marketing inclusivo tornou-se uma peça fundamental na estratégia das empresas que buscam se destacar no mercado atual

More Articles Like This

- Publicidade -