Turismo LGBT, saiba mais sobre isso!

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O Turismo LGBT é uma modalidade de turismo voltado para gays, lésbicas, transexuais, bissexuais, e todas as pessoas que se identificam com a comunidade LGBT. Esse turismo conta com lugares de aceitação deste público. São lugares com muita ou alguma aceitação, ideal para quem deseja paz e proteção. 

Segundo Maicon Paiva, fundador do Espaço Recomeçar em São Paulo, ter a oportunidade de estar em um lugar onde o respeito e a aceitação do público LGBT é positiva, é sem dúvida uma alternativa que todos devem buscar. “É interessante poder estar em um lugar onde a aceitação do público LGBT é saudável, com opções de lazer focadas neste público”.

“Um LGBT é uma pessoa comum, como qualquer pessoa, e viajar pelo mundo conhecendo lugares encanta a todos. No entanto, poder visitar lugares onde há uma grande gama de visitantes LGBT é uma oportunidade magnífica de estar em eventos dedicados ao público, além de poder fazer novas amizades e conhecer pessoas interessantes”, diz Paiva.

Para Paiva, não há distinção do desejo de viajar e ser feliz que a orientação sexual de alguém possa determinar. “A orientação sexual não é uma régua que mede o gosto por lugares e culturas de uma pessoa. Por isso, nunca veja o Turismo LGBT e os lugares existentes dentro deste contexto como uma forma de exclusão deste público mediante ao resto do mundo”, explica Paiva.

“O mais importante é ver que em alguns lugares do mundo, como em alguns países da Europa, na América do Norte e em outros lugares, as pessoas LGBT têm mais oportunidades de demonstrar o seu amor pela pessoa amada em público. Quanto digo isso, falo de poder simplesmente sair de mãos dadas com a pessoa amada sem ser abordado por pessoas preconceituosas, ignorantes e agressivas com esse público”, afirma o especialista em união amorosa do Espaço Recomeçar.

App de encontros LGBT é seguro?

Uma das grandes dúvidas das pessoas é se é ou não recomendado continuar utilizando apps de encontro. Hoje, aplicativos de encontro são assiduamente utilizados por criminosos para aplicar golpes. Em vista disso, Maicon Paiva explica que os apps de encontros LGBT correm o mesmo tipo de risco.

“Os casos de pessoas que marcam encontro por apps de namoro e são surpreendidas por golpistas, também incluem o público LGBT. Desta forma, é fundamental tomar cuidado ao marcar um encontro por meio de um app desses e confiar somente nas informações obtidas sem constatação”, alerta o especialista.

O mais correto, segundo Paiva, é a pessoa pesquisar a fundo sobre a outra pessoa que conheceu no app de namoro. “Pesquise mais sobre essa pessoa nas redes sociais, faça uma busca completa na internet e converse com essa pessoa por telefone antes de marcar um encontro”.

“Além disso, cuidado com as coisas que você diz sobre você, com fotos enviadas e informações sigilosas reveladas. Por mais que a outra pessoa pareça ser alguém confiável, não abra a sua vida para essa pessoa sem a conhecer e conhecer a vida dela pessoalmente”, reforça Paiva.

Como marcar encontros LGBT sem tomar um golpe?

Maicon Paiva dá excelentes dicas de como marcar um encontro LGBT sem tomar um golpe que todos podem e devem seguir:

  • Não abra a sua vida para a pessoa até a conhecer bem pessoalmente;
  • Marque o primeiro encontro em um shopping ou lugar público com bastante pessoas para não arriscar;
  • Informe a um amigo ou amiga de confiança que irá se encontrar com alguém novo e que se não entrar em contato em uma hora, por exemplo, que esse amigo acione a polícia;
  • Busque saber mais sobre essa pessoa e pergunte tudo que puder, seja um investigador nesta hora;
  • Por mais que a outra pessoa veja isso de forma ruim e ache que é muita desconfiança, seja rigoroso e siga todas as dicas.

“Entenda que o índice de golpes envolvendo encontros de pessoas que se conhecem por aplicativos ou em redes sociais é alto. Não se sinta constrangido em perguntar tudo que precisar saber para confiar na outra pessoa. Além disso, nada de se envolver de forma intensa com essa pessoa logo no primeiro encontro”, diz Paiva.

Onde fazer novos amigos LGBT?

Paiva explica que novos amigos LGBT podem ser encontrados em aplicativos, nos grupos em redes sociais ou no Turismo LGBT. “Seja onde for, quando uma amizade se transforma em uma relação amorosa, contar com a sabedoria de um especialista em Amarração Amorosa Forte sempre ajuda”.

“Todo relacionamento amoroso, seja em uma relação heterossexual ou homossexual, passa por dificuldades em um dado momento. Contar com ajuda especializada em união amorosa é sempre uma vantagem em momentos como esse. Assim como é interessante que todas as pessoas mantenham a mente aberta e respeitem o público LGBT, também é interessante manter a mente aberta para a espiritualidade”, finaliza Maicon.

Veja outras matérias e conteúdos exclusivos sobre o universo LGBT aqui no site e saiba mais sobre novidades interessantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

A importância do marketing inclusivo na indústria de viagens

O marketing inclusivo tornou-se uma peça fundamental na estratégia das empresas que buscam se destacar no mercado atual

More Articles Like This

- Publicidade -