Inclusão no mercado de trabalho: Olist oferece bolsas de estudo e vagas afirmativas para pessoas transgêneras

O Mês do Orgulho LGBTQIA+ acabou, mas a luta pela diversidade e contra o preconceito não para. É por isso que, o Olist, scale-up que ajuda quem quer vender a encontrar quem quer comprar, em parceria com a educaTRANSforma, está concedendo três bolsas de formação em Desenvolvimento, Design e Dados para pessoas transgêneras. A turma tem início previsto em agosto de 2021 e o curso dura seis meses.

Reprodução

O time do Olist acredita que o preconceito com identidades não cisnormativas coloca pessoas transgêneras (transexuais, travestis, não binários e intersexo) em situação marginal, sendo expostas a diversos tipos de violência, dificuldade de acesso à educação e consequente desemprego. “O Olist é formado por gente de verdade e é nossa responsabilidade como empresa oferecer oportunidades para construir um time cada vez mais diverso. Precisamos de mais ações afirmativas como essas para mudar a realidade de pessoas trans, tornando o mercado de trabalho mais inclusivo para toda a comunidade LGBTQIA+”, explica Melissa Guimarães, CHRO do Olist.

Com pessoas voluntárias e organizações parceiras, como o Olist, a iniciativa busca formar profissionais tecnicamente qualificados e mais ainda, apoiar as pessoas transgêneras em todo seu processo de inclusão social. Portanto, além dos custos das aulas, quem ganhar a bolsa terá apoio psicopedagógico, psicológico, auxílio relacionado à saúde física e tratamentos hormonais, bem como mentorias individuais. Segundo Noah Scheffel, CEO do educaTRANSforma, as pessoas trans se encontram em um local muito marginalizado da nossa sociedade. Apenas 10% dessas pessoas estão no mercado de trabalho. “É por isso que estamos capacitando-as com trilhas de tecnologia que incluem desenvolvimento de software, Backend; UX Design e Ciência de Dados”, finaliza Scheffel.

As inscrições para o programa iniciam em breve, acompanhe na página https://educatransforma.com.br

Além das bolsas, o Olist acaba de abrir duas vagas afirmativas para trabalhar em Curitiba: Analista de Pré-Vendas, exclusiva para LGBTQIA+, e outra para Assistente de Sucesso do Cliente, exclusiva para pessoas trans.

Deixe uma resposta