‘Cabaré Coragem’, com direção de Júlio Maciel, estreia no no Sesc Belenzinho, em SP

O espetáculo nasce da pesquisa sobre a linguagem do cabaré – que mistura música, teatro, dança – e a obra poética e musical de Bertolt Brecht

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

O Grupo Galpão estreia “Cabaré Coragem” em São Paulo, no Sesc Belenzinho, dia 4 de abril de 2024, depois de fazer apresentações em Belo Horizonte, Salvador, Aracaju, Natal, Fortaleza, Recife, Brasília, Niterói e Rio de Janeiro, sempre com ingressos esgotados. Ao mesclar um repertório de músicas interpretadas ao vivo com números de variedades e danças, fragmentos de textos da obra de Brecht e cenas de dramaturgia própria, o Cabaré Coragem convida o público a uma viagem sonora e visual.

Grupo Galpão estreia “Cabaré Coragem” no Sesc Belenzinho em São Paulo – Foto: Mateus Lustosa
Grupo Galpão estreia “Cabaré Coragem” no Sesc Belenzinho em São Paulo – Foto: Mateus Lustosa

Fiel às suas origens de teatro popular e de rua, o Grupo Galpão busca, no novo espetáculo, romper, uma vez mais, com a relação entre palco e plateia e convida o público a compartilhar da encenação. As apresentações são de 4 de abril a 5 de maio, de quinta a sábado, às 20h30, e aos domingos, às 18h30, no Sesc Belenzinho. Os ingressos, a R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia) e R$ 15 (credencial plena) serão vendidos nas bilheterias das unidades, pelo app Credencial Sesc SP ou pelo site https://www.sescsp.org.br/belenzinho/. Ingressos de cota social (R$25) serão vendidos exclusivamente na bilheteria do Sesc Belenzinho.

“Cabaré Coragem” é viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Petrobras, do Instituto Cultural Vale e da Cemig. A temporada paulistana também conta com a realização do Sesc São Paulo.

Com direção de um de seus integrantes, o ator e diretor Júlio Maciel, o espetáculo conta com direção musical, trilha e arranjos de Luiz Rocha, dramaturgia coletiva com supervisão de Vinicius de Souza, cenários e figurinos de Márcio Medina, iluminação de Rodrigo Marçal e, no elenco, os atores Antonio Edson, Eduardo Moreira, Inês Peixoto, Luiz Rocha, Lydia del Picchia, Simone Ordones e Teuda Bara.

Júlio Macielator do Grupo Galpão e diretor do espetáculo, conta: “Ficamos imersos na leitura de Bertolt Brecht durante a pandemia. Em uma dessas reuniões, a palavra ‘Cabaré’ foi mencionada, gerando várias perguntas sobre que tipo de Cabaré queríamos: Brechtiano, brasileiro, clássico, jovem, contemporâneo, político, feroz, drag, vedete, teatro de revista? E o teatro em si? O que o diferencia do Cabaré? Surgiram ideias como um Cabaré de Beira de Estrada, um Inferninho com tipos excêntricos, ou um show para nos reconectar com o público”.

Como o período de pandemia recomendava o afastamento físico, o grupo queria agora estar com pessoas, havia uma fome de encontros. A partir da escolha da pesquisa e dos desejos pessoais de cada um, foram criados canções e números de variedades. “Reativamos nossa banda e convidamos muitos amigos criadores, que, corajosamente, aceitaram embarcar nessa nau para o desconhecido”, diz Júlio. Tais artistas levaram o Grupo por diversas rotas, de forma a que conhecessem várias paisagens. Em junho de 2023, a companhia estreou no Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte, e depois seguiram na estrada para Salvador, Aracaju, Natal, Fortaleza, Recife, Brasília, Niterói e Rio de Janeiro, sempre com muita receptividade do público, com casas lotadas.

Responsável pela supervisão dramatúrgica, Vinicius de Souza explica que “Cabaré Coragem” – cujo nome faz menção à icônica personagem de Brecht, Mãe Coragem – é um espetáculo que, por meio da música e do humor, permite que as pessoas pensem no velho sistema em que vivem, no qual alguns poucos levam uma vida de privilégios, enquanto a maioria sente fome. “O espetáculo nasceu de uma série de experimentos cênicos realizados pelo Grupo Galpão nos últimos meses. Eles se deram a partir de pesquisa sobre a linguagem do cabaré – que mistura música, teatro, dança – e a obra poética e musical de Bertold Brecht, o famoso diretor teatral alemão”, destaca.

A mistura de experimentos resultou em um divertido e irônico show de variedades. Os atores e atrizes encarnam figuras de um decadente cabaré, onde apresentam números de canto, dança, acrobacia e outros entretenimentos. “Todos eles misturados à plateia, que também é convidada a beber e a cantar. No entanto, ao modo das personagens de Brecht, as figuras desse cabaré são extremamente carentes, vítimas da guerra e da exploração, esquecidas ou marginalizadas, mas cheias de sonhos e pulsões de vida”, conta Vinicius.

Para a atriz Inês Peixoto, “Cabaré Coragem tem muitos motivos para ser festejada. Esse foi o nosso primeiro processo de criação presencial após a pandemia. Um processo que teve várias etapas de compartilhamento com o público, nos colocando num jogo vivo para borrar as fronteiras entre ator e espectador. Minha personagem, num certo momento da peça, diz: ‘Sejam bem-vindxs ao Cabaré Coragem, este buraco quente, onde nossas paixões e nossos tormentos são colocados sobre a mesa, temperados no caldo da ironia, do deboche, do delírio e da música! Ninguém sairá ileso daqui!’. Está feito o convite! Esperamos vocês!”, reforça Inês.

Sinopse
É mais uma noite no Cabaré Coragem! Numa atmosfera engraçada e delirante, os artistas dançam, cantam e fazem números de variedades, enquanto estranhas contradições daquele lugar vão despontando no palco.

SOBRE OS PATROCINADORES

INSTITUTO CULTURAL VALE
Desde 2021, o Instituto Cultural Vale aposta no trabalho do Grupo Galpão e contribui para que suas ações sejam amplamente acessadas, através do seu patrocínio de manutenção.

O Instituto Cultural Vale acredita que viver a cultura possibilita às pessoas ampliar sua visão de mundo e criar novas perspectivas de futuro. Busca democratizar o acesso, fomentar a arte e a cultura; e contribuir para fortalecer a economia criativa.

PETROBRAS
Em 2023, a Petrobras retomou a parceria de mais de 20 anos com o Grupo Galpão, patrocínio que foi fundamental para a consolidação e expansão do trabalho do Grupo e seu amplo acesso, das capitais às pequenas cidades do interior.

O Programa Petrobras Cultural faz acontecer projetos que emocionam, ressaltam nossa brasilidade, nossa diversidade e movem a economia criativa de norte a sul do país.

CEMIG

Cemig é a maior incentivadora da cultura em Minas Gerais e uma das maiores do país. Ao longo de sua história, a empresa reforça o seu compromisso em patrocinar as expressões artísticas existentes no estado, de maneira a abraçar e acolher a cultura mineira em toda a sua diversidade.

Os projetos e as atrações patrocinados pela Cemig têm o objetivo de beneficiar o maior número de pessoas, nas diferentes regiões do estado, promovendo a ampliação do acesso às práticas culturais, transformando vidas com a nossa energia.

A Cemig, assim como o Grupo Galpão, nasceu em Minas Gerais, mas é reconhecida internacionalmente. Essa parceria entre Galpão e Cemig, que segue se fortalecendo ao longo dos anos, permite a experiência e uma maior democratização da cultura em diversas partes do mundo.

Ao investir, incentivar e impulsionar o crescimento do setor cultural em Minas Gerais, a Cemig contribui para dar vida à arte, refletindo o posicionamento da Companhia em ser uma indutora do desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais.

SOBRE O SESC SÃO PAULO

Com 77 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de mais 40 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões da educação e da cultura, com ações nas áreas físico esportivas, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania, são voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com
representantes do Sesc.

SOBRE O GRUPO GALPÃO

Criado por cinco atores, em 1982, a partir do espetáculo “A alma boa de Setsuan”, montagem conduzida por diretores do “Teatro Livre de Munique”, da Alemanha, o Galpão se valeu dessa rica experiência para se lançar numa proposta de construção de um teatro de grupo, de pesquisa, e com raízes profundamente populares – ligada à tradição do teatro popular e de rua. Com 12 integrantes no elenco, o Grupo é formado por Antonio EdsonArildo de BarrosBeto FrancoChico PelúcioEduardo MoreiraFernanda ViannaInês PeixotoJúlio MacielLydia Del PicchiaPaulo AndréSimone Ordones e Teuda Bara.

Há mais de 40 anos, o Grupo desenvolve um teatro que alia rigor, pesquisa e investigação de linguagens, com montagem de peças com grande poder de comunicação com o público. Formado por atores que trabalham e trabalharam com diferentes diretores convidados – como Gabriel Villela, Cacá Carvalho, Paulo José, Yara de Novaes e Marcio Abreu (além dos próprios integrantes, que também já dirigiram espetáculos do Grupo) – o Galpão formou sua linguagem artística a partir desses encontros diversos, criando um teatro que dialoga com o popular e o erudito, a tradição e a contemporaneidade, o teatro de rua e o palco, o universal e o regional brasileiro.

Galpão em números

Fundação: novembro de 1982

26 espetáculos 

15 projetos especiais

Cerca de 2.000.000 espectadores

100 prêmios brasileiros

+ de 3.000 apresentações 

283 cidades

19 países 

67 festivais internacionais

173 festivais nacionais

CABARÉ CORAGEM

ELENCO

Antonio Edson

Eduardo Moreira

Inês Peixoto

Luiz Rocha

Lydia Del Picchia

Simone Ordones

Teuda Bara

FICHA TÉCNICA

Direção: Júlio Maciel

Direção musical, arranjos e trilha sonora: Luiz Rocha

Diretor Assistente: David Maurity

Cenografia e figurino: Márcio Medina

Dramaturgia: Coletiva

Supervisão de dramaturgia: Vinícius de Souza

Direção de cena e coreografia: Rafael Bacelar

Iluminação: Rodrigo Marçal

Adereços e pintura de arte: Marney Heitmann

Preparação corporal e do gesto: Fernanda Vianna

Preparação vocal: Babaya

Assistência de figurino: Paulo André e Gilma Oliveira

Assistência de cenografia: Vinícius de Andrade

Assessoria de iluminação: Marina Arthuzzi

Direção de Experimentos Cênicos: Ernani Maletta,

Luiz Rocha e Cida Moreira

Colaboração artística: Paulo André e João Santos

Maquiagem e perucaria: Gabriela Dominguez

Assistente de maquiagem e perucaria: Ana Rosa Oliveira

Construção cenário: Artes Cênica Produções

Confecção de figurinos: Taires Scatolin

Técnico de palco: William Bililiu

Instalação de luminárias cênicas: Wellington Santos

Assistente técnico: William Teles

Operação de luz: Rodrigo Marçal

Sonorização e operação de som: Fábio Santos

Assessoria de Imprensa: Polliane Eliziário (Personal Press)

Comunicação on-line : Rizoma Comunicação & Arte

Fotos: Mateus Lustosa

Registro e cobertura audiovisual: Alicate

Projeto gráfico: Filipe Lampejo e Rita Davis

Assistente de produção: Idylla Silmarovi

Produção Executiva: Beatriz Radicchi

Direção de Produção: Gilma Oliveira

Produção: Grupo Galpão

São Paulo:
Produção local: Mariana Mantovani

Assistente de produção: Laura La Padula

Assessoria de imprensa:

Canal Aberto – Márcia Marques, Daniele Valério e Flávia Fontes Oliveira

*Músicas Alabama Song, Moritat, Singapura e Tango dos Açougueiros Felizes a partir dos arranjos musicais de Ernani Maletta.

* Fragmento do texto “Discurso sobre Nada” de Marcio Abreu.

GRUPO GALPÃO

ATORES

Antonio Edson – Arildo de Barros

Beto Franco – Chico Pelúcio

Eduardo Moreira – Fernanda Vianna

Inês Peixoto – Júlio Maciel

Lydia Del Picchia – Paulo André

Simone Ordones – Teuda Bara

EQUIPE 

CONSELHO EXECUTIVO

Beto Franco, Eduardo Moreira, Fernando Lara, Gilma Oliveira e Lydia Del Picchia

Equipe Grupo Galpão

Gerente Executivo – Fernando Lara

Coordenadora de Produção – Gilma Oliveira

Coordenadora Administrativa – Wanilda D’Artagnan

Coordenadora de Planejamento – Alba Martinez

Coordenadora de Comunicação – Letícia Leiva

Coordenador Técnico e Técnico de luz  – Rodrigo Marçal

Produtora Executiva – Beatriz Radicchi

Técnico de Som – Fábio Santos

Assistente Financeiro – Cláudio Augusto

Assistente de Planejamento – Júlia Castro

Assistente de Comunicação – Fernanda Lara

Assistente Administrativo – Caroline Martins

Assistente Técnico – William Teles

Serviços Gerais – Danielle Rodrigues

Identidade Visual – Filipe Lampejo, Vinícius de Souza e Rita Davis

Design gráfico – Cintia Marques

Assessoria de Imprensa – Polliane Eliziário – Personal Press

Comunicação on-line – Rizoma Comunicação & Arte

Assessor Contábil – Wellington D’Artagnan

Gestor Financeiro de Projetos – Artmanagers

CABARÉ CORAGEM

Direção: Júlio Maciel

Estreia: 2023 | Duração: 100 minutos | Gênero: musical | Classificação: 16 anos

4 de abril a 5 de maio de 2024

Quinta a sábado – 20h30

Domingos – 18h30

Sesc Belenzinho (R. Padre Adelino, 1.000 – Belenzinho, São Paulo – SP) 

   

Ingressos à venda nas bilheterias das unidades, pelo app Credencial Sesc SP ou pelo site sescsp.org.br/belenzinho. A partir de 26/03 (online) e 27/03 (presencial), às 17h.

Dias 5, 6, 12 e 13 de abril –  sessões com interpretação em Libras

Informações: www.grupogalpao.com.br 

instagram.com/grupogalpaofacebook.com/grupogalpao

youtube.com/grupogalpao | x.com/grupogalpaomg

Lei Federal de Incentivo à Cultura | Mantenedor: Instituto Cultural Vale | Patrocinadora: Cemig | Realização: Sesc | Patrocinadora Oficial: Petrobras | Realização: Ministério da Cultura, Governo Federal União e Reconstrução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Turkish Airlines compartilha 10 dicas para passageiros com pets

Companhia oferece orientações para uma viagem segura e confortável com pets

More Articles Like This

- Publicidade -