Do Grindr à pop art: Antínoo lança clipe que navega entre o amor e a ideologia

"Diz", novo videoclipe de Antínoo, traz um olhar crítico sobre a intersecção de esferas políticas e afetivas através da arte visual e musical

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Antínoo, cantor e compositor goiano, revelou recentemente o videoclipe de “Diz“, faixa integrante de seu álbum “Antínoo Passa o Recado”. Este projeto, que contou com a produção musical de Adriano Cintra, mergulha nas complexidades das relações amorosas permeadas por divergências ideológicas. A faixa “Diz” é uma exploração lírica e visual das tensões e atrações inesperadas que surgem quando o amor se entrelaça com o campo minado das diferenças políticas.

A gênese desta obra, conforme relatado por Antínoo, nasceu de uma experiência pessoal intensa. O artista se viu irresistivelmente atraído por uma pessoa cujas inclinações políticas se opunham radicalmente às suas. Este paradoxo emocional serviu de inspiração para a criação de “Diz”, onde Antínoo utiliza o Grindr – um aplicativo emblemático da cultura gay contemporânea – como metáfora para discutir a conexão e o afastamento entre indivíduos de universos ideológicos distintos.

O videoclipe, com roteiro e direção assinados pelo próprio Antínoo e fotografia de Fernando Quintais, é uma peça artística que desafia os limites da expressão visual. Nele, o cantor contracena com um modelo que, trajando apenas cueca e máscara, evoca a estética direta e sem filtros do Grindr. Esta escolha de figurino ressalta a crua realidade das interações digitais, onde a proximidade física muitas vezes mascara profundas divergências ideológicas.

Visualmente, o clipe é uma ode à estética da Pop Art, incorporando elementos da cultura digital contemporânea, como emojis, e fazendo referência à sensualidade dos comerciais da Calvin Klein dos anos 90 e à ludicidade da pornochanchada. Essa mistura de referências cria uma narrativa visual rica, que espelha a complexidade das emoções exploradas na canção.

O vídeo também se destaca pela inclusão de Vanessa Nascimento, uma bailarina cujo figurino presta homenagem às icônicas campanhas da Fiorucci dos anos 80. Essa escolha reforça a intenção de Antínoo de navegar através de diversas eras do movimento pop, unindo passado e presente em uma expressão artística unificada.

A equipe responsável pela criação deste videoclipe é composta por profissionais de diversas áreas, incluindo Fernando Quintais na direção de fotografia, iluminação e edição, e uma colaboração em design gráfico de Estelle Flores e Pedro Capetini. A direção de animação ficou a cargo da Tigela Motion, com design adicional de Gabriel Nery & Tomás Rotter Bueno. A maquiagem e beleza foram realizadas por Karoly, e a produção executiva foi liderada pela KORJA.

Do Grindr à pop art: Antínoo lança clipe que navega entre o amor e a ideologia
Do Grindr à pop art: Antínoo lança clipe que navega entre o amor e a ideologia

FICHA TÉCNICA

Música
Composição: Antínoo
Produção musical: Adriano Cintra
Baixo: Naíra Debértolis
Bateria: Caro Pisco
Guitarra: Magí Batalla
Mixagem e Masterização: Fernando Sobreira

Videoclipe
Roteiro e Direção: Antínoo
Direção de Fotografia, Iluminação e Edição: Fernando Quintais
Design Gráfico: Estelle Flores e Pedro Capetini
Direção de Animação: Tigela Motion
Design: Gabriel Nery & Tomás Rotter Bueno
Beleza & Maquiagem: Karoly
Bailarina: Vanessa Nascimento
Modelo Convidado: Léo Júnior
Produção de Elenco: Rodrigo Hoffmann
Produção Executiva: KORJA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

A importância do marketing inclusivo na indústria de viagens

O marketing inclusivo tornou-se uma peça fundamental na estratégia das empresas que buscam se destacar no mercado atual

More Articles Like This

- Publicidade -