Comissão dos Direitos Humanos promove atividades contra LGBTfobia na Câmara Municipal de Niterói

Para lembrar o Dia Internacional Contra a LGBTfobia, a Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Niterói vai promover apresentações artísticas e entregas de homenagens. As atividades serão gratuitas, abertas ao público e acontecerão no plenário, no dia 17 de maio, às 18h. A Comissão é presidida pela vereadora Benny Briolly (PSOL), primeira parlamentar travesti no Rio de Janeiro. Ela é a autora da Lei Dandara Brun, que estabeleceu 14 de maio como o “Dia Municipal de Luta e Combate ao Trans Feminicídio” na cidade de Niterói.

Haverá apresentação teatral do Coletivo TransParente e integrantes da Casa de Ewá farão um desfile inspirado nos bailes da Vogue. Serão homenageados pelos serviços prestados no combate à LGBTfobia: professora Denise Sepulveda, Aretha Centro de Cidadania, Rede Trans, Coletivo LGBT Comunista, Casa de Ewá e União da Juventude Comunista.

O Observatório de Mortes e Violências contra LGBTI+ divulgou dados alarmantes recentemente: 273 mortes ocorreram de forma violenta no país, em 2022. Desse total, 228 foram assassinatos, correspondendo a 83,52% dos casos; 30, suicídios (10,99%); e 15 mortes por outras causas (5,49%). O lançamento do relatório completo acontecerá no dia 16 de maio, em Brasília, com o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania e a Secretaria Nacional dos Direitos das Pessoas LGBTQIA+.

No dia 17 de maio; após as atividades na Câmara, o Dia Internacional Contra a LGBTfobia será encerrado no Armazém 7 – Bar & Restaurante (Rua Visconde de Morais, 270 – Ingá, Niterói), em forma de protesto contra todos os atentados que o espaço vem sofrendo ao longo dos anos.

Comissão dos Direitos Humanos promove atividades contra LGBTfobia na Câmara Municipal de Niterói
Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *