Diversità realiza treinamentos sobre linguagem inclusiva e políticas voltadas para a população LGBTQIA+

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Dia 29 de agosto é o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. A data foi criada em 1996 durante o 1° Seminário Nacional de Lésbicas para lembrar a existência dessas mulheres, as violências sofridas por elas e as pautas que o movimento reivindica. É um momento não só para celebrar, mas para reforçar a luta por igualdade e direitos. É com esse intuito que a Diversità está oferecendo para empresas privadas brasileiras consultoria para deixar o ambiente de trabalho mais diverso e inclusivo.

“Isso afeta não só as pessoas trans, gays e travestis, mas também as lésbicas, que, ainda hoje, sofrem muito preconceito por serem quem são nos seus ambientes de trabalho”, comenta o diretor-executivo da Diversità, Lucas Paoli Itaborahy.

Para a comunidade lésbica, ter uma data voltada para sua inclusão e visibilidade, reforça a importância de combater a lesbofobia e o apagamento da sexualidade feminina. Apesar de ser conhecido por sua diversidade, o Brasil ainda é palco de muita discriminação e violência contra pessoas LGBTQIA+. O Núcleo de Inclusão Social (NIS) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apontou, em relatório, que pelo menos 126 lésbicas foram assassinadas no país entre 2014 e 2017. Além disso, 71% dos crimes aconteceram em espaços públicos.

E não é somente em espaços públicos que isso tem ocorrido. Segundo o LinkedIn, 43% das pessoas LGBTQIA+ no Brasil relataram ter sofrido, em 2022, algum tipo de discriminação também no trabalho. Tendo em vista diminuir essa e outras estatísticas é que Lucas decidiu criar a Diversità e oferecer a organizações privadas de todo o país um conjunto de ações de capacitação que incluem treinar os funcionários e realizar mentorias internas. “Muitas lésbicas são frequentemente vítimas de assédio e discriminação no trabalho e têm dificuldades para encontrar espaços acolhedores”, aponta.

Dentre as opções de treinamentos e mentorias oferecidas pela Diversità estão “Letramento e sensibilização sobre temas LGBTQIA+”, “Treinamento sobre políticas de diversidade e inclusão LGBTQIA+ no trabalho”, “Treinamento sobre linguagem inclusiva” e “Treinamento sobre segurança psicológica de trabalhadores LGBTQIA+”. A inclusão, segundo Lucas, oferece condições para que todos tenham chance de desenvolver habilidades, além de garantir a motivação dos colaboradores. Neste Mês da Visibilidade Lésbica, a Diversitá participou de um debate interno na Petrobras para discutir assuntos de interesse da comunidade LGBTQIA+.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

KLM amplia operação diária em São Paulo com novas cabines de luxo

A partir de 20 de maio, todos os voos incluirão as classes World Business e Premium Comfort

More Articles Like This

- Publicidade -