Mostra de Arte Interativa em São Paulo: Explorando a Qualidade do Ar e Meio Ambiente na Praça Adolpho Bloch

Depois de passar pelo Parque Burle Marx, a mostra "VIVACIDADE - poéticas socioambientais" ocupa a Praça Adolpho Bloch em São Paulo

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

Depois de passar pelo Parque Burle Marx, a mostra “VIVACIDADE – poéticas socioambientais” ocupa a Praça Adolpho Bloch, nos Jardins, em São Paulo. De 26 de agosto a 10 de setembro, a obra de arte digital “RESPIRAMOS” (2023) ilumina o local, ao mesmo tempo em que reflete o conteúdo do ar que respiramos, em tempo real, a partir da coleta de dados sobre as concentrações de poluentes aéreos da cidade (divulgados pela CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

A cada momento, a escultura de luz criada pela dupla de artistas digitais Rizomatique possui um colorido diferente. A interatividade do público se dá através de um tablet, que será fornecido ao participante pela monitoria da mostra.

A partir do aparelho, é possível selecionar os componentes do ar para a visualização na escultura. Cada cor equivale a um dos poluentes mais comuns em São Paulo: partículas inaláveis (MP10), partículas inaláveis finas (MP2,5), ozônio (O3), monóxido de carbono (CO), dióxido de nitrogênio (NO2) e dióxido de enxofre (SO2). Todos esses elementos são invisíveis ao olho nu, mas a escultura os revela através dos espectros de cor referentes a cada poluente no ar.

A estrutura de LED vazada integra-se com as árvores e o paisagismo da praça e sua alimentação é de fonte renovável e com o menor impacto ambiental possível (não há gerador, que é derivado de petróleo e, portanto, mais poluente).

O convite é refletir a respeito da qualidade do ar que respiramos, das mudanças climáticas e da densidade demográfica de uma megalópole como São Paulo. A linguagem da mostra é direcionada a crianças e jovens pelo caráter pedagógico. Porém, devido ao formato ao ar livre, impacta um público massivo.

Este presente à São Paulo vem através da produtora Cult.Bit (da curadora Marília Pasculli e de João Frugiuele), patrocínio do Meta / Facebook e realização do Promac (Programa de Municipal de Apoio a Projetos Culturais).

Foto: Antônio Frugiuele
Foto: Antônio Frugiuele

SOBRE:

A mostra VIVACIDADE – poéticas socioambientais volta à São Paulo em 2023 com sua missão de abordar arte, tecnologia e meio ambiente. Esta é sua segunda edição, após um hiato de 10 anos. Em 2013, a mostra ocupou a Avenida Paulista com seis obras (interativas e visuais), com uma curadoria de grandes nomes da arte digital nacional e internacional, como: Nina Valkanova & Moritz Behrens, Music Technology Group, Tecné Collective, memeLab, entre outros. A curadoria é de Marília Pasculli e a produção da Cult.Bit.

SERVIÇO:

  • Mostra VIVACIDADE – poéticas socioambientais (parte 2) de 26 de agosto a 10 de setembro de 2023
  • Preço: Grátis
  • Onde: Praça Adolpho Bloch, esquina com Avenida Brasil, Jardins, São Paulo-SP
  • Funcionamento – 24 horas
  • Interatividade – aos sábados e domingos, das 10h às 17h.

FICHA TÉCNICA:

  • Curadoria: Marília Pasculli
  • Produção: Cult.Bit
  • Patrocínio: Meta | Facebook
  • Realização: Promac (Programa de Municipal de Apoio a Projetos Culturais)
  • Apoio: Farah Service
  • Instagram: @cult.bit

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Inscrições abertas para a feira ‘LGBT+ Turismo Expo 2024’ em São Paulo

Agentes de viagens têm até 25 de julho para se inscreverem na exposição de turismo LGBT+, que acontecerá no Hotel Unique

More Articles Like This

- Publicidade -