Rolezinho especial Mês do Orgulho: Museu da Diversidade Sexual promove visita guiada para conhecer histórias LGBTQIAP+ na República

LEIA TAMBÉM

- Publicidade -
- Publicidade -

No próximo dia 24 de junho, em celebração ao mês do Orgulho LGBTQIAP+, o Núcleo de Educação para a Diversidade do Museu da Diversidade Sexual (MDS), em parceria com o Sesc Guarulhos, realizará o “Rolezinho – Especial Mês do Orgulho”. Essa atividade será mediada pela equipe do MDS e acontecerá no bairro da República, com o objetivo de apresentar e narrar as histórias da comunidade LGBTQIAP+ que ocupam esse território há mais de cinco décadas.

O “Rolezinho – Especial Mês do Orgulho” oferecerá vagas limitadas exclusivamente para moradores de Guarulhos. A ideia por trás dessa visita é estreitar os laços entre o Museu da Diversidade Sexual e as diversas comunidades presentes na região, promovendo os sentimentos de pertencimento e reconhecendo o bairro da República como um importante marco para a cultura LGBTQIAP+.

“A equipe educativa do MDS fica extremamente feliz ao aproximar comunidades de diferentes regiões de São Paulo para conhecer mais sobre o nosso território e tudo que ele carrega e ressoa seja de forma histórica ou artística”, afirma Nay Costa, responsável pelo evento e um dos educadores do Núcleo de Educação do MDS.

Durante a visita guiada do Rolezinho, os participantes terão a oportunidade de conhecer melhor a região e suas histórias, explorando os locais que foram palco de eventos marcantes para a comunidade LGBTQIAP+. Será uma experiência enriquecedora, proporcionando uma imersão na diversidade e na rica trajetória dessas pessoas.

Assim como acontece com as exposições itinerantes, a iniciativa do MDS de levar os moradores do munícipio de Guarulhos à República, na região central do município de São Paulo, visa promover o acesso de pessoas de diferentes regiões à programação do museu que é gratuito e aberta ao público.

 

Sobre o MDS

O Museu da Diversidade Sexual (MDS) é uma instituição do Governo do Estado de São Paulo ligada à Secretaria da Cultura e Economia Criativa, sendo o primeiro equipamento cultural da América Latina relacionado à Memória e Estudos da Diversidade Sexual.

A instituição é destinada à memória, arte, cultura, acolhimento, valorização da vida, agenciamento e desenvolvimento de pesquisas envolvendo a comunidade LGBTQIAP+ (contemplando a diversidade de siglas que constituem hoje o MDS) e seu reconhecimento pela sociedade brasileira. Trata-se de um museu que nasce e vive a partir do diálogo com movimentos sociais LGBTQIAP+, que se propõe a discutir a diversidade sexual e tem, em sua trajetória, a luta pela dignidade humana e a promoção por direitos, atuando como um aparelho cultural para fins de transformação social.

Atualmente, o MDS passa por uma reforma de ampliação da sua sede, na estação República do metrô, em São Paulo. Com isso, a unidade terá melhor infraestrutura para abrigar exposições, mostras e demais ações educativas do Museu, alcançando um público ainda maior. A expectativa é que a reforma seja finalizada ainda no primeiro semestre de 2023.

Sobre o Instituto Odeon

Atualmente o Museu da Diversidade Sexual é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social que tem como missão promover gestão e produção cultural e artística de excelência, em diálogo com a educação, agregando valor público para a sociedade. O Instituto Odeon existe para trazer mais cultura para as cidades e mais arte para as pessoas. Quer transformar a percepção do público sobre museus e eventos culturais, trabalhando em direção a um país que promove a expressão da arte, expande o acesso ao que é produzido e leva a sério seu legado cultural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
- Publicidade -

Latest News

Bloco ‘Tarado Ni Você’ convida Caetana para show na Casa Natura Musical

No dia 22 de fevereiro, quinta-feira, às 22h30, a Casa Natura Musical recebe o show-tema “A Grande Cobra Coral Encantada”, do bloco Tarado Ni Você

More Articles Like This

- Publicidade -