A DIVERSIDADE DE MÃOS DADAS COM O CARNAVAL!

Exaltando o próximo,o afeto,a diversidade, a liberdade afetiva de cada um, o respeito e todos os direitos da humanidade. Não é Não! Definitivamente o carnaval de rua tem o poder de conceder ”Vez e Voz” a quem foi estigmatizado,excluído pela forma de amar. O ”Vez e Voz” surge afim de propagar união,espaço aos que não foram vistos LGBTs ou não e o fim de todas as formas de preconceitos,mas não se esqueçam a diversão é garantida, além da diversidade teremos atos de cultura tradicional e imaterial. É só chegar com gliter, caras e bocas ,paetês e fortalecer a comunidade. Á favor do orgulho trans,orgulho gay,orgulho lésbico,orgulho queer, orgulho pansexual e bissexual. A diversidade recebe todes; Negros,Brancos,Lgbts com deficiência, Profissionais do sexo,Hetéros, Família,Grupo Bdsm, só não recebemos grupos a favor de cultura de ódio.

foto
Reprodução

Justificativa:
Caminhar contra a opressão é um desafio antigo (e ainda persistente) para pessoas que não se encaixam na visão tradicional, conservadora e permanente de sexualidade e gênero. A partir da Revolta de Stonewall, em 1969, o movimento LGBTQIA+ passou a ganhar força e a se organizar: anos depois, surgiriam as primeiras marchas que unem a resistência ao orgulho de ser — lésbica, gay, bissexual, pansexual, transgênero, queer, intersexual, assexual, dentre vários outros. Embora tenham se fortalecido ao longo dos anos como um conjunto, cada letra da sigla representa um grupo de pessoas singular que se refere a orientação sexual e/ou identidade de gênero. Além do que é pretendido pelo movimento como um todo, esses coletivos têm reivindicações próprias. As bandeiras e os símbolos são duas formas de buscar visibilidade e demonstrar orgulho dentro e fora da comunidade.

SERVIÇO:
05 de março de 2022
Line up; Drags,Covers,DJs,Personalidades e Artistas.
Local: Concentração: Av: São João/Av: Ipiranga/Av:Conselheiro Crispiniano/
Rua; 24 de maio/República.
Concentração 11h /Desfile 12h

Deixe uma resposta